Conheça o apelido de 5 cidades dos Estados Unidos

Eles têm a ver com jogos, paisagens, corridas de cavalo e até crítica social

 

Quem nunca teve um apelido carinhoso na vida? Até as cidades têm. O Rio de Janeiro é a Cidade Maravilhosa; São Paulo é a Terra da Garoa; Recife é a Veneza Brasileira; Salvador é a Terra da Alegria. As cidades dos Estados Unidos também possuem apelidos, ou nicknames em inglês. Vamos conhecer alguns?

A origem dos apelidos varia. Uns podem ser por questão geográfica, outros têm a ver com a economia da cidade, e alguns ainda nem os próprios norte-americanos têm certeza, fazendo parte de um folclore. O mais importante é que o apelido pegou e hoje é famoso ao redor do mundo.

Nova Iorque

O curioso é que uma das cidades mais famosas do mundo possui mais de um apelido, entre eles, em tradução livre:

  • A cidade que nunca dorme (The city that never sleeps)
  • Cidade Império (Empire City)
  • Gotham (em referência ao Batman) 


Mas nesse texto falaremos de um em específico: Big Apple, a Grande Maçã. Historicamente, em meados de 1800, o termo significava “
algo considerado como o mais importante do seu tipo; um objeto de desejo e ambição”. Não há um consenso de quando o termo se popularizou, mas a maioria das pessoas afirma que surgiu em meados de 1920, pelo repórter de jornal John Fitz Gerald. O cenário era corrida de cavalos, e o repórter ouviu dois trabalhadores de estábulo falarem que estavam indo para a “big apple”, referindo-se a Nova Iorque.

Mais tarde, o repórter escreveu em uma coluna do jornal, em tradução livre:

“A Big Apple, o sonho de todo rapaz que alguma vez jogou uma perna sobre um puro-sangue e o objetivo de todos os cavaleiros. Há apenas uma Big Apple. Isso é Nova York”.

Chicago

Apelidada de The Windy City, A Cidade dos Ventos.

Apesar da cidade ter suaves brisas vindas do Lago Michigan, há outras teorias populares sobre a origem do apelido. A principal delas afirma que o termo foi criado para criticar a elite e os políticos de Chicago, referindo-se a esses como “full of hot air” (cheios de ar quente, que pode ser interpretado como pessoas arrogantes). O etimologista Barry Popik descobriu o termo em uma edição do jornal New York Sun, datado de 1870.


Leia também:

– 15 palavras homófonas em inglês que podem confundir

– Conhece as diferenças entre o inglês americano e britânico?

– 5 cidades americanas para estudar no inverno


Las Vegas

Conhecida por Sin City, A Cidade do Pecado.

Essa não é tão difícil de imaginar o motivo. Las Vegas é mundialmente conhecida pelos jogos de azar e vida nortuna, especialmente os cassinos. Historicamente, jogos de azar foram legalizados por lá em 1931, porém, o crime organizado já praticava há mais tempo.

Curiosidade: o nome Las Vegas vem do espanhol, e significa “os prados”. É contrastante um nome tão sutil ter um apelido que remete a pecados, não?

Miami

Apelidada de Magic City, A Cidade da Magia.

Ao contrário do que você possa pensar, não tem nada a ver com feitiçaria e abracadabras. Na verdade, tem a ver com o fato de que o local se tornou uma cidade quase da noite para o dia. Uma viúva rica chamada Julia Tuttle comprou uma plantação de citros com sua herança e mudou-se para o terreno. Logo, ela convenceu amigos poderosos a estenderem a ferrovia até a sua plantação, criarem estradas e até um resort. Por volta de 1896, a cidade foi incorporada. A partir daí Miami se tornou um ponto turístico e um lugar para as pessoas relaxarem.

Seattle

Seu apelido é Emerald City, a Cidade Esmeralda.

A cidade tem a reputação de ter ótimas cafeterias e chuvas abundantes. Mas o apelido é devido ao fato dela ser o lar de muitos parques, incluindo os famosos Green Lake Park, Discovery Park e o Washington Park Arboretum. Então, é por isso que foi escolhida a jóia esmeralda, pelo verde abundante da cidade.

Fontes: ABCNews, Mental Floss, Reader’s Digest, New York Public Library

Cultural
secretaria@cultural.org.br
Sem comentários

Poste um Comentário