nasa

NASA: 10 curiosidades sobre a maior agência espacial do mundo

Mesmo sendo a maior e mais respeitada agência especial do mundo, a NASA também guarda suas curiosidades por vezes engraçadas


Quando falamos em Nasa, logo pensamos em uma agência com muitos segredos, planos, homens e mulheres de cabeça baixa trabalhando o tempo todo, fazendo cálculos, fabricando satélites e observando o universo. Mas não é só dessa seriedade comprometida que a maior agência especial do mundo é feita.

Todo mundo já ouviu falar ou conhece um pouco sobre a Nasa. Entre tantos feitos, o mais histórico foi enviar o primeiro homem à superfície da Lua: Neil Armstrong, em 1969. Atualmente, o que está em alta são as explorações em Marte, o Planeta Vermelho. Além disso, a Nasa cria novas tecnologias, estuda os cosmos, busca vida inteligente fora da Terra, procura por outros planetas e galáxias habitáveis, etc.

No entanto, você imaginaria que uma agência tão incrível e inteligente como essa seria capaz de se enganar e gravar em cima da fita onde estavam os registros originais do homem pousando na Lua? Pois é, aconteceu de verdade, e é o que vamos ver agora:

10 curiosidades sobre a NASA

 

  1. Ops

Em 2016, a NASA admitiu ter acidentalmente gravado em cima da fita onde estava registrado o vídeo original do pouso na Lua. Felizmente, eles não eram os únicos gravando na época. Cópias foram encontradas na emissora CBS e também no John Space Center, local de treinando de vôo espacial humano utilizado pela NASA.

  1. E se formos invadidos?

Para o caso de encontrarmos vida inteligente fora da Terra, a NASA criou o Office of Planetary Protection (em tradução livre, Escritório de Proteção Planetária). Ele serve basicamente para proteger tanto as descobertas quanto o nosso próprio planeta.

  1. Brinquedo x Bombardeiro furtivo

Vá no Google e faça duas buscas: 1. Super Soaker; 2. Stealth Bomber. Sim, as famosas arminhas d’água foram inventadas por Lonnie Johnson, ex-cientista da NASA. Ele também ajudou a criar o B-2 Spirit, um moderno bombardeiro furtivo, a partir de 1987.

  1. Para a Lua com uma torradeira

Sabe a torradeira que tem na sua casa? Ela possui um computador mais poderoso do que o utilizado na pela NASA para enviar os astronautas à Lua. À época, esse computador continha somente 64kb de memória. Isso é muito menos do que a foto que você posta no Facebook!

  1. Presidentes históricos

A Nasa foi criada durante o mandato do presidente Dwight Eisenhower, em 1958, como resposta à União Soviética que havia lançado o primeiro satélite da história no ano anterior. Já durante o seu mandato, John F. Kennedy estipulou que a NASA tinha até o final dos anos 60 para enviar o primeiro homem à Lua, o que veio acontecer em julho de 1969.

  1. Para ser um astronauta

Para ser considerado oficialmente um astronauta pela NASA, você precisa viajar pelo menos 50 milhas acima da superfície da Terra, o que dá aproximadamente 80km.

  1. Tecnologia boa demais

Em 2008, a NASA desenvolveu uma roupa de natação especial e resistente ao atrito com a água. Deu tão certo e modificou tanto a performance dos nadadores que esse traje na verdade acabou sendo banido de muitas competições.

  1. Processo inusitado

A NASA já foi processada por três homens do Yemen por ter “invadido” Marte. A reclamação é que eles teriam herdado o planeta dos seus ancestrais há milhares de anos. Imagina se for verdade!

  1. Acesso público

A NASA já registrou mais de 3 milhões de fotos feitas pelo satélite Terra, em órbita desde 1999. Todas essas fotos são de domínio público, você pode ver e se maravilhar à vontade com o nosso universo.

  1. O grande objetivo

O grande objetivo atual da NASA é ter humanos morando em Marte por volta de 2030. Está perto, né?

Foram pesquisados diversos sites em inglês para a criação desse texto. Isso não seria possível sem o domínio do idioma, o que prova a importância de um estudo qualificado. Aproveite os cursos do Cultural e fique em dia com o vocabulário. Temos cursos de nível básico a nível avançado!

Fonte: NASA, The New York Times, List25, Kickassfacts

Cultural
secretaria@cultural.org.br
Sem comentários

Poste um Comentário